Artigos

AMÉLIE POULAIN E O TRANSTORNO DE PERSONALIDADE EVITATIVA

Criada por um pai mais ausente do que presente e uma mãe superprotetora, Amélie cresceu isolada do convívio com outras crianças. Por isso, não pode construir laços e proximidade com outras pessoas. Quando sua mãe morre prematuramente, a jovem vê a soma desse fato e de sua criação influenciando negativamente sua forma de se relacionar com o mundo mesmo depois da maioridade.

Já adulta, Amélie se muda do subúrbio para Paris. Em seu novo lar, a jovem encontra um caixinha que pertencia ao antigo morador do apartamento alugado por ela. Amélie decide devolver o objeto ao antigo dono e, ao notar a emoção dele diante daquele gesto de bondade, a jovem decide praticar mais desses pequenos gestos para ajudar as pessoas. Assim, ela vai mudando a sua visão de mundo.

No entanto, Amélie sente falta de se conectar verdadeiramente com outro ser humano… sente falta de viver uma história de amor, embora sinta muito medo desse tipo de relacionamento.

Esse é o enredo do filme O fabuloso destino de Amélie Poulain (Jean-Pierre Jeunet, França, 2001). Nessa trama, a personagem principal apresenta evidentes traços de Transtorno de Personalidade Evitativa.

O que é Transtorno de Personalidade Evitativa?:

Também conhecida como Personalidade de Esquiva, o Transtorno de Personalidade Evitativa é um distúrbio mental marcado pela dificuldade do indivíduo de se relacionar com as pessoas.

Esse transtorno causa problemas de interação social e convívio. Indivíduos com esse distúrbio costumam apresentar uma personalidade introjetiva e ter tendência ao humor depressivo. Com traços intensos de timidez, insegurança e baixa autoestima, pessoas com Transtorno de Personalidade Evitativa costuma se esquivar de relacionamentos afetivos por verem esse tipo de relação com extrema desconfiança.

Embora sintam necessidade de afeto, esse transtorno gera um medo de rejeição. Assim, pessoas acometidas pela Personalidade de Esquiva passam a evitar qualquer tipo de intimidade e podem autossabotar suas interações humanas.  

Sintomas de pacientes com Personalidade de Esquiva:

 Os sintomas desse transtorno de personalidade costumam gerar muito sofrimento e desgaste emocional. Entre os principais sintomas, podemos destacar:

  • Avaliação negativa de si mesmo
  • Baixa autoestima
  • Complexo de inferioridade
  • Inibição social
  • Insegurança extrema
  • Isolamento social
  • Medo de rejeição
  • Sentimento de incapacidade
  • Timidez estrema

Causas e Tratamento:

As causas do Transtorno de Personalidade Evitativa podem estar tanto relacionadas aos fatores hereditários quanto à forma de criação ou convívio na infância (rejeição parental, por exemplo).

Normalmente, o tratamento envolve a psicoterapia que deve ser realizada por um psiquiatra ou por um psicólogo. A terapia cognitiva-comportamental costuma ser um recurso bastante usual para tratar casos de Personalidade de Esquiva.

Em alguns casos, é necessário o uso de medicação antidepressiva ou ansiolítica associada à psicoterapia.

Para acessar esse e outros conteúdos, acesse nossas redes sociais e compartilhem! Até breve!

Referências:

  1. O fabuloso destino de Amelie Poulain e a personalidade de esquiva: https://clinicacuidarte.com.br/o-fabuloso-destino-de-amelie-poulain-e-a-personalidade-de-esquiva/
  2. Fotorreportagem: Amélie e o transtorno de personalidade evitativa
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cursos
Cursos, Webinars
Esquizofrenia – Revisão I
Cursos, Webinars
Fobia Social
Cursos, Webinars
Entendendo a depressão