Artigos

Nosso cérebro quando comemos

Não é segredo para ninguém que alimentos processados, congelados e gordurosos não fazem bem a saúde.

Aliás, já faz algum tempo que doces, fast-food, bebidas alcoólicas e refrigerantes são vistos por nutricionistas como venenos modernos.

No entanto, você sabe dizer exatamente por que eles fazem mal para nosso organismo?

E se são tão prejudiciais, por que sentimos uma sensação de felicidade percorrendo nosso corpo ao extrapolarmos nossa dieta saudável com uma porção de batata frita?

Se a definição de felicidade por Aristóteles é o equilíbrio perfeito entre o prazer e a razão, hoje vamos debater com propriedade os malefícios desse tipo de comida, para que você possa comer aquele pedacinho de pizza um pouco mais informado e ciente do que está em jogo!

Vício Alimentar

A primeira pergunta a ser respondida é: por que a ingestão de doces e alimentos gordurosos está associada à sensação de felicidade?

Mesmo não gostando nós, às vezes, queremos muito comer uma coisa específica e não sabemos dizer o porquê. Só queremos e pronto.

A verdade é que esses alimentos atingem em cheio nosso sistema hedônico, um circuito de neurotransmissores responsáveis por controlar, consciente e inconscientemente, três comportamentos vitais do ser humano: gostar, querer e aprender.

Esses comportamentos estão interligados, mas atuam de forma independente. Sendo assim, quando ingerimos alimentos e produtos que ativam o neuro-hormônio dopamina (comidas doces, por exemplo) nosso “querer” se torna mais forte.

O problema é que o ato de querer desenfreado, não associado ao “gostar” ou ao “aprender”, geram atitudes inconsequentes e são exatamente o que caracterizam o comportamento de vício.

A combinação de açúcar, gordura e sal, na dose certa, funciona como uma bomba de prazer para nosso cérebro. A indústria de alimentos sabe disso e desenvolveu a receita perfeita para criar produtos cada vez mais recompensadores.

Não à toa que esses são elementos presentes na maioria das dietas modernas. Desde aquela batatinha frita com ketchup até o temaki com cream cheese.

Valor nutricional dos alimentos

Além de atuar no controle do nosso querer, alimentos processados – ou com altas doses de açúcar, gordura e sal – também estão em desvantagem quando pensamos em seu valor nutricional.

A maioria das comidas fast-food são vistas como nada saudáveis pelos seus altos níveis de calorias, sódio e carboidratos.

Muitos desses produtos contêm ainda ingredientes, como corantes artificiais e xaropes de frutose, que podem impactar negativamente sua saúde.

Quando falamos de alimentos congelados a situação não melhora. Adiciona-se à fórmula gorduras trans e saturadas que formam um prato cheio para o aumento do colesterol e diabetes.

Mas, nem tudo está perdido!

Alternativas

Se a vontade é muito grande, busque aqueles alimentos recompensadores, mas que possam ser feitos de maneira artesanal, com ingredientes frescos ou até mesmo em casa!

Uma boa opção é a nossa amada pizza!

Apesar da maioria das pizzas sofrerem com o mesmo exagero de calorias, gordura e sódio em sua composição, algumas receitas feitas com ingredientes integrais podem ser até mesmo alternativas saudáveis para saciar aquela vontade de fast-food!

A dica é manter as coisas simples.

A pizza é uma comida tradicionalmente nutritiva, feita à base de farinha, fermento, água, sal, óleo, molho de tomate e queijo fresco.

Faça sua própria massa integral, adicione coberturas saudáveis (como vegetais ou frango grelhado, no lugar carnes processadas) e você terá uma refeição deliciosamente nutritiva!

Esse conceito pode se aplicar à outras opções de comidas recompensadoras, basta pesquisar novas receitas que visam trazer mais saúde para a mesa.

A balança da felicidade

Agora você já conhece os malefícios de uma dieta à base de alimentos processados e cheios de açúcar, sal e gordura.

Cabe a você decidir quanto, quando e como consumi-los!

Afinal, a vida pode ser saudável e prazerosa ao mesmo tempo, não é mesmo?

Bom apetite!


fonte:

“Abra a felicidade”? Implicações para o vício alimentar

Is Pizza Healthy? Nutrition Tips for Pizza Lovers

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cursos
Cursos, Webinars
Esquizofrenia – Revisão I
Cursos, Webinars
Fobia Social
Cursos, Webinars
Entendendo a depressão